quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Perder um bebê...



É como acordar e ver que tudo não passou de um sonho; É como voltar de marcha-ré todo o caminho já percorrido; É voltar a ser uma pessoa “comum” depois de um tempo se sentindo “especial”; É ter que esperar passar o tempo para se sentir melhor; É sentir que tudo ficou sem graça; É saber que isso acontece, com muitas pessoas, mas não sentir alivio por não estar sozinha!, e é péssimo! É sentir solidão porque já havia se acostumado em senti-lo todos os dias. É procurar a causa da perda mesmo sabendo que não dá para encontrar; É alternar fases de não querer mais engravidar com outras de desejar conceber imediatamente; É ter acreditado que comigo não aconteceria esse imprevisto e perceber que essa sensação de proteção é falsa; É conhecer mulheres que engravidaram na mesma época e observar seus bebes no colo e o seu não estar ali; É sofrer sozinha, apesar do apoio da família e dos amigos; É ter que encarar de frente a sensação de incompetência; É exercitar a paciência para esperar o que o destino está guardando; É sorrir, mas o coração esta em pedaços, e ter que caminhar com uma saudade infinita no peito...


Achei esse texto percorrendo blogs na internet, eu estou me sentindo assim, exatamente assim, estou com o peito apertado....

Pedro te amarei eternamente!

quarta-feira, 19 de setembro de 2012

De volta!!

Bom dia!!

Aqui estou eu de volta.
Acabou a minha licença-maternidade, fiquei 120 dias, recuperei bem da cesárea e o resto dos dias descansei,  agora voltei a trabalhar, com uma vontade louca de ficar em casa, mas voltei, pq ficar em casa sem ganhar dinheiro, não dá, certo??
Tenho uma novidade, como fiquei sem fazer nadaaa, quer dizer, nada não né, pq em casa serviço é o que não falta, mas digo nada, pq queria  fazer algo diferente das coisas que estou costumada a fazer, que me fizesse sentir melhor, pelo menos por momentos, que ocupasse a minha cabeça, que mudasse um pouco o foco dos meus pensamentos, aff qto que...rsrsr, enfim já tem um tempo em que queria fazer o curso de corte e costura, ficava ensaiando pra entrar, mas nunca dava pra ir, agora fui, vai fazer dois meses, estou AMANDOOOO, não vou falar que é fácil, pq não é, mas eu chego lá.
Qualquer dia posto a foto da minha primeira saia, não ficou perfeita, mas a prof ª disse que está ótima, ela quer deixar a gente feliz...

Vou indo, até qlqr dia!!